Prótese Dental

São dispositivos utilizados em substituição aos dentes ausentes que podem ser fixas ou móveis. Atualmente elas oferecem uma aparência mais natural e maior conforto.

Existem dois tipos principais de próteses: totais (dentaduras) ou parciais, que podem ser fixas ou removíveis, sobre implantes ou não.
De acordo com cada caso será escolhido o tipo de prótese mais apropriada, dependendo do número de dentes a serem substituídos, das condições de saúde do paciente, da necessidade de tratamentos prévios (implantes osseointegrados, tratamentos de canais, cirurgias pré-protéticas) e da melhor relação custo/benefício do tratamento.
As próteses são feitas “sob medida” numa parceria do dentista com o técnico em prótese dental, a partir de moldes tirados da boca.

Quais os tipos mais comuns de Prótese Dental?

Coroa Total

A coroa é utilizada para cobrir inteiramente o remanescente de um dente bastante danificado. Uma coroa também pode ser colocada sobre um implante, dando-lhe o formato e estrutura parecidos com a do dente natural, a fim de que este possa desempenhar suas funções. As coroas de porcelana irão ser confeccionadas de acordo com a cor dos dentes naturais do paciente.

Próteses Metal Free

Tratamento altamente estético as coroas metal-free são alternativas muito interessantes na clínica, pois são próteses confeccionada em cerâmica pura, eliminando assim, a possível ocorrência de uma linha acinzentada próxima da gengiva característica de peças que possuem o metal em seu interior.

Próteses Fixas

A prótese fixa são utilizadas para substituir um ou mais dentes ausentes. Elas preenchem o espaço onde não há dentes e podem ser cimentadas nos dentes naturais vizinhos ou em implantes próximos ao espaço vazio. Estes dentes, chamados de pilares, servem de âncoras para as pontes. Assim como ocorre com as coroas, você poderá escolher o material utilizado para as pontes.

Prótese Protocolo

É uma prótese total fixada sobre 4 a 8 implantes em média, sendo este tipo de prótese parafusada e retirada apenas pelo seu dentista. É uma prótese que confere boa estética e é uma ótima opção para quem pretende fugir da dentadura. O único inconveniente é que este tipo de prótese é mais difícil de ser higienizada, pois possui os dentes conectados entre si, exigindo bastante cuidado do paciente. Pode ser feita em resina ou em porcelana.

Prótese Overdenture

Prótese total removível sobre implante, este tipo de prótese exige menos implantes (2 a 6 em média) e é confeccionada em resina. Esta prótese é como uma dentadura, porém, tem um encaixe em uma barra que conecta os implantes à prótese, conferindo a esta mais estabilidade e retenção. Esta prótese pode ser retirada pelo paciente e por isso a sua higienização é facilitada.

Prótese Total Convencional (Dentadura)

É indicada quando o paciente perdeu todos os dentes da arcada ou quando os dentes restantes não tem condições de serem mantidos. É uma prótese mucossuportada e é importante que haja rebordo ósseo adequado para a fixação da peça.

Prótese Parcial Removível

Consiste em uma estrutura metálica que se apoia nos dentes naturais e rebordo (osso e tecido) e serve para substituir dentes ausentes bilateralmente na arcada.Próteses parciais removíveis oferecem uma alternativa móvel para as pontes, embora não sejam peças altamente estéticas por possuírem grampos metálicos.

Notícias do Blog

Confira 4 dicas para escolher um bom dentista em São Paulo!

Leia Mais

Tire suas principais dúvidas sobre a cirurgia ortognática!

Leia Mais

Afinal, como é o tratamento da apneia obstrutiva do sono?

Leia Mais

O que é a disfunção da ATM e como tratá-la?

Leia Mais